Basílica Santuário celebra Corpus Christi: Pão Vivo descido do Céu

20/06/2019 Por: Aline Salustiano
259 visualizações

Pão que alimenta e que dá vida, vinho que salva e dá coragem”. É com essa certeza, contida na V Oração Eucarística, que os católicos de todo mundo celebram, neste dia 20 de junho, a Solenidade de Corpus Christi, o Mistério da Eucaristia.

A Celebração de Corpus Christi tem data variável no calendário, pois acompanha a Páscoa, sendo realizado 60 dias após o Domingo da Ressurreição e faz referência à Quinta-feira Santa, quando se deu a instituição da Eucaristia, durante a Última Ceia de Jesus Cristo com os Apóstolos.

Na Paróquia de Nossa Senhora das Dores - Basílica Santuário a Solenidade aconteceu, em dois momentos: o primeiro no patamar da Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro com a Celebração Eucarística, presidida pelo bispo da Diocese de Crato, dom Gilberto Pastana e concelebrada pelos padres da Basílica Santuário e padres diocesanos e, no segundo momento, com a bênção do Santíssimo e adoração na Basílica Santuário.

Durante a missa, que também fez memória ao Padre Cícero Romão, dom Gilberto lembrou a importância da Solenidade, “dia em que os católicos entendem a sua fé”, momento em que “o corpo do Senhor é dado como alimento, o Pão Vivo descido do Céu, para o sustento da vida”.

Após a celebração, o povo de Deus, que lotava o patamar da Capela, seguiu a procissão, que conduziu Jesus Eucarístico, trasladado no ostensório.  Durante o percurso, aconteceu dois momentos, com a bênção do Santíssimo.A terceira bênção, aconteceu no interior da Basílica Santuário.

A programação segue com adoração até às 19h quando acontecerá a última celebração Eucarística do dia.



Galeria de Fotos: