Caravana da Mãe das Dores e do Padre Cícero visita à cidade de Salitre

22/06/2018 Por: Aline Salustiano
121 visualizações

 

Na noite da última quarta-feira, 20 de junho, a Caravana da Mãe das Dores e do Padre Cícero esteve em mais uma missão. Desta vez, a comunidade da Paróquia de São Francisco de Assis, na cidade de Salitre – CE, recebeu o padre Cícero José da Silva que celebrou a missa em memória ao Padre Cícero Romão Batista, conforme costume da comunidade, todo o dia 20 de cada mês.

Após ser acolhido pelo seu irmão no sacerdócio, padre Tarcísio Sales, o pároco/reitor da Basílica Santuário agradeceu a acolhida de toda a comunidade paroquial, pertencente a forania V da Diocese de Crato, e falou sobre a missão da Caravana da Mãe das Dores. “Somos de Juazeiro do Norte e temos a missão de acompanhar, animar e rezar com aqueles que olham para o padre Cícero, mas fixam os olhos em Jesus Cristo”, disse.

Antes de iniciar a celebração, foi entregue a comunidade uma réplica da Imagem de Nossa Senhora das Dores. “O padrinho nos ensinou a amar a Mãe de Deus nos títulos de Mãe das Dores e das Candeias. E nós, decidimos que aquelas cidades e paróquias, seja da diocese de Crato ou de outras dioceses, que a caravana visitar, ficaria uma réplica da imagem de Nossa Senhora das Dores”, disse padre Cícero José antes da imagem adentrar a igreja sob aplausos da comunidade.

Enfatizando as exortações de Jesus contidas no Evangelho do dia (Mt 6,1-6.16-18), Padre Cícero José recordou que a vida e ensinamento do “padrinho Cícero” foi a vivência do seguimento dessas exortações e que se faz de exemplo para seus fiéis. “Padre Cícero fez algo que nós, que aqui estamos, também devemos fazer. Ter a coragem de nos aproximarmos de Deus. Atentos a Palavra que escutamos, vamos caminhando e vencendo os desafios para termos como consequência o Reino dos Céus. Conhecendo a história do padrinho, que viveu muitas dificuldades, mas sempre perto de Deus, fiel ao chamado que lhe foi feito. Que possamos olhar para a sua vida e, a partir de seu exemplo, fazermos também a experiência de Deus”, enfatizou.

A comunidade ficou entusiasmada com a visita do pároco da Basílica Santuário e dos membros da Caravana da Mãe das Dores. Para a agricultora Josefa de Sousa, devota do Padre Cícero e da Mãe das Dores, a visita foi motivo de alegria, principalmente por saber que a comunidade agora passa a ter a imagem da Mãe de Jesus. “Fiquei muito feliz. Desde pequena que sempre rezo para Nossa Senhora das Dores. Ela que, com Jesus, sofreu às dores de seu filho por nós”, enfatizou

 

 

 



Galeria de Fotos: