Caravana da Mãe das Dores faz a primeira visita de 2018

13/01/2018 Por: Aline Salustiano
499 visualizações

“É uma alegria imensa receber a mãe de Deus, aqui na nossa festa do padroeiro São Sebastião. É sempre bom receber a visita dessa Mãe que é bastante admirada por todos que aqui residem”. Assim o jovem Jomarcio Costa definiu a visita da Caravana da Mãe das Dores que esteve na noite desta sexta, 12 de janeiro, na Paróquia de Santa Ana – Soledade, em Olivedos/PB, participando da segunda noite do novenário em homenagem ao Mártir São Sebastião.

"Juazeiro era o meu caminho", estas foram as poucas palavras da dona Joana Francelino de Lima, de 89 anos que não perdia uma romaria a Juazeiro do Norte, todo ano participava. Com procissão marcada para as 19h, a imagem peregrina de Nossa Senhora das Dores, presente da Basílica Santuário, saiu da residência da dona Joana nos braços dos paroquianos percorrendo as ruas de Olivedos. No início da celebração a imagem de Nossa Senhora das Dores, adentrou em cortejo pela igreja que estava lotada de fiéis devotos da Mãe das Dores e do padroeiro da comunidade.  

Em sua acolhida, o Padre José Hermes, pároco da Paróquia de Santa Ana – Soledade, enfatizou que a visita da caravana é uma forma de estar mais perto de Juazeiro do Norte. “Muitos de nós aqui não tivemos a oportunidade de irmos ao Juazeiro e hoje parte do Juazeiro nos visita e de modo especial a Mãe das Dores”, disse.

Após a novena dedicada ao padroeiro, Padre Cícero José da Silva presidiu a celebração eucarística, que foi concelebrada pelo Padre José Hermes. Refletindo o evangelho do dia (Marcos 2,1-12) que fala da cura do paralítico, Padre Cícero José colocou que a visita da Mãe das Dores à comunidade significa gratidão e via para a cura da paralisia daquilo que afasta o fiel de Deus. “O que significa a vinda da Mãe das Dores? Para nós é um gesto de gratidão! Quantos de vocês vão à casa da Mãe das Dores para renovar as suas forças, pedir para superar muitas paralisias que os amarram para as coisas de Deus!”, disse.  

No final da celebração, em uma só voz, os fiéis se consagraram a Nossa Senhora das Dores rezando a oração deixada pelo Padre Cícero Romão. Pela primeira vez a cidade de Olivedos recebeu a visita da Caravana da Mãe das Dores. 



Galeria de Fotos: